Santa Sé autoriza processo de beatificação de Padre Cícero

O anúncio foi feito pelo bispo diocesano, Dom Magnus Henrique, ao final da Missa em sufrágio da alma do ‘patriarca do Nordeste’.

Por: Redação
. Atualizado: 20/08/2022 às 09h:41
Padre Cícero
Domínio Público

O anúncio foi feito pelo bispo diocesano, Dom Magnus Henrique, ao final da Missa em sufrágio da alma do ‘patriarca do Nordeste’ neste dia 20 de agosto, no largo da Capela do Socorro. Portanto, Padre Cícero chama-se Servo de Deus Padre Cícero Romão Batista.

“Queridos filhos e filhas da diocese do Crato, romeiros de todo o Brasil. É com grande Alegria que vos comunico nesta manhã histórica, que recebemos oficialmente da Santa Sé por determinação do Santo padre, o Papa Francisco, uma carta do Dicastério para a causa dos Santos, datada do dia 24 de junho de 2022. Recebemos a autorização para abertura do processo de beatificação do padre Cícero Romão Batista, que a partir de agora receberá o título de servo de Deus”, comunica Dom Magnus.

Quem foi Padre Cícero

Cícero Romão Batista nasceu em 1844 no município de Crato, Ceará, filho de Joaquim Romão Batista e Joaquina Vicência Romana. Aos seis anos começou a estudar com Rufino de Alcântara Montezuma. Em sua juventude, aos doze anos, Padre Cícero fez votos de castidade, enquanto influenciado por sua leitura da vida de São Francisco de Sales.

Em seguida, ele começou a trabalhar na pequena capela do local e recebeu várias imagens com as oferendas dos fiéis. Logo depois, movido por um desejo ardente de conquistar o povo que Deus lhe havia confiado, começou a pregar intensamente. Além disso, ele deu muitos conselhos e fez muitas visitas domiciliares e começou a exercer grande liderança na comunidade. Ele também começou a tentar mudar os costumes imorais das pessoas, eliminando pessoalmente a embriaguez excessiva e a prostituição.

Related Posts

Com a harmonia restaurada, a irmandade começou a crescer. Muitas pessoas das paróquias vizinhas foram atraídas para a nova grande capela.

Reconciliação

O Vaticano considerou o pedido de Dom Fernando e reconciliou o Padre Cícero Romão Batista com a Igreja Católica. Desse modo, nada impediria a abertura do processo de beatificação.

O pedido foi solicitado por Dom Magno Henrique Lopes, através de uma carta entregue ao papa Francisco em sua visita ao Vaticano, em maio deste ano.

Padre Cícero faleceu em 1934 depois de romper com o Vaticano após envolvimento com a política e pelo polêmico “milagre da hóstia”.

Encontrou algo errado na matéria?

Nosso apostolado possui em sua equipe editorial jornalistas profissionais, sacerdotes, professores e leigos, por esta razão, é possível que o conteúdo do nosso site contenha erros e para isso precisamos da sua ajuda.




    0 Comentários

    Os comentários são exclusivos para assinantes do Deo Vero.