Morre aos 28 anos, Irmão Simplício, vítima de COVID-19 | Deo Vero

Morre aos 28 anos, Irmão Simplício, vítima de COVID-19

Após muitos dias levando alimento para pessoas em situação de rua, Simplício foi acometido por Covid-19

Por: Mathias Ribeiro
. Atualizado: 2/06/2020 às 07h:10
Arquivo pessoal

Irmão Simplício estava internado e sua situação estável. “Queridos amigos e benfeitores, paz e bem! Como já deve ser de conhecimento de alguns, nosso querido Irmão Simplício, esteve durante muitos dias levando alimento para o corpo e para a alma dos nossos irmãos em situação de rua e foi acometido de Covid-19.” comunicou o perfil oficial dos Irmãos Toca de Assis de Fortaleza

Foto: Arquivo Pessoal

No dia 27 de março, Simplício publicou um vídeo em uma rede social agradecendo pelas doações recebidas, os donativos foram utilizados para ajudar moradores de rua. “[…]Saibam vocês que toda doação está sendo revestidas para os nossos irmãos mais necessitados, e que também estamos unidos a todos os órgãos públicos e também à Santa Igreja como pede o nosso arcebispo, para estamos aqui vivenciando com todos os aparatos necessários, máscaras e luvas, para que assim possamos estar cumprindo nosso trabalho de estar juntamente com nossos irmãos para não deixar que eles sofram ainda mais do que já padecem pelo suplicio das ruas.”

Irmão Simplício não resistiu e veio a falecer no dia 29 de maio (sexta-feira) vítima de coronavírus.

Foto: Arquivo Pessoal

A morte de Simplício gerou comoção nas redes sociais, várias mensagens de apoio e solidariedade foram publicadas em seu perfil “Obrigado Irmão Simplício Fpss pela história e legado que deixa de amor aos irmãos, amor aos pequeninos sem medir esforços aprendemos muito contigo!” diz um internauta”.

Coronavírus

O Brasil se tornou o 5º país com mais mortos por coronavírus ao passar, nesta sexta-feira (29), a Espanha, segundo o levantamento do Ministério da Saúde. O balanço mais recente contou 27.878 mortos por coronavírus no país.

A Espanha registrou até o momento, segundo a universidade norte-americana Johns Hopkins, ao menos 27.121 mortes por complicações da Covid-19.

O Brasil chegou a este patamar 73 dias depois de ter registrado sua primeira morte, são dez dias antes da Espanha que já completa seus 87 dias desde o mesmo marco inicial. Na segunda-feira (26), o governo espanhol retirou quase 2 mil mortes da sua contagem oficial para correção de duplicatas, após uma revisão dos dados já publicados.

Encontrou algo errado na matéria?

Nosso apostolado possui em sua equipe editorial jornalistas profissionais, sacerdotes, professores e leigos, por esta razão, é possível que o conteúdo do nosso site contenha erros e para isso precisamos da sua ajuda.




    Leia Mais

    Comentários

    Apenas usuários logados podem comentar ou responder nossas matérias.