Justiça do Rio de Janeiro aceita pedido do Centro Dom Bosco e ordena retirada de especial do Porta dos Fundos do ar

Por: Mathias Ribeiro
. Atualizado: 8/01/2020 às 17h:45

Por determinação do desembargador Benedicto Abicair, da 6ª Câmara Cível, a produtora Porta dos Fundos e a Netflix terão de retirar do ar o “Especial de Natal Porta dos Fundos: A Primeira Tentação de Cristo”, divulgado na plataforma de streaming desde o final de dezembro. A decisão vem de encontro a um pedido feito pela Associação Centro Dom Bosco de Fé e Cultura. Em primeira instância, o pedido havia sido negado.

“A Primeira Tentação de Cristo” foi publicado pela Netflix em 3 de dezembro. Foi amplamente comentado e enfrentou muitas críticas em todo o mundo. No Brasil, dois milhões de pessoas assinaram uma petição pedindo que o filme fosse removido da Netflix por ofender os sentimentos religiosos dos cristãos.

Veja a conclusão do desembargador:

Por todo o exposto, se me aparenta, portanto, mais adequado e benéfico, não só para a comunidade cristã, mas para a sociedade brasileira, majoritariamente cristã, até que se julgue o mérito do Agravo, recorrer-se à cautela, para acalmar ânimos, pelo que concedo a liminar na forma requerida.

Encontrou algo errado na matéria?

Nosso apostolado possui em sua equipe editorial jornalistas profissionais, sacerdotes, professores e leigos, por esta razão, é possível que o conteúdo do nosso site contenha erros e para isso precisamos da sua ajuda.




Leia Mais

Comentários

Apenas usuários logados podem comentar ou responder nossas matérias.