JMJ: Papa vai confessar jovens detentos

O encontro com os jovens em uma prisão juvenil e com os jovens com AIDS serão alguns dos momentos mais significativos da viagem apostólica do Papa Francisco ao Panamá, de 23 a 28 de janeiro.

Por: Vatican News
. Atualizado: 20/01/2019 às 02h:59

A reunião com os jovens em uma cadeia juvenil e com os adolescentes com AIDS: Que são alguns das ocasiões mais significativas da viagem apostólica do Santo Padre ao Panamá, de 23 a 28 de janeiro, por ocasião da XXXIV Jornada Mundial da Juventude. O diretor interino da Sala de Imprensa da Santa Sé, Alessandro Gisotti, falou sobre os dois eventos aos jornalistas, destacando que a viagem do Papa terá “uma forte dimensão mariana”.

O Papa junto às periferias existenciais

Na sexta-feira, 25 de janeiro, o Pontífice visitará o “Centro de Cumplimento de Menores Las Garzas de Pacora”, onde encontrará 200 jovens detentos. Na ocasião, o Papa confessará alguns jovens prisioneiros nos confessionários feitos por alguns deles.

“ É um sinal da proximidade de Francisco com os jovens que não podem participar da Jornada Mundial da Juventude ”

No dia 27 de janeiro, último dia da JMJ, o Papa irá à Casa Hogar do Bom Samaritano para encontrar jovens com deficiência e com AIDS. “O Papa – concluiu Gisotti – quer estar também nesta ocasião próximo de todas as periferias existenciais”.

Encontrou algo errado na matéria?

Nosso apostolado possui em sua equipe editorial jornalistas profissionais, sacerdotes, professores e leigos, por esta razão, é possível que o conteúdo do nosso site contenha erros e para isso precisamos da sua ajuda.




Leia Mais

Comentários

Apenas usuários logados podem comentar ou responder nossas matérias.