Círio de Nazaré, em Belém, não terá procissão com imagem por causa da Covid-19, diz diretoria | Deo Vero

Círio de Nazaré, em Belém, não terá procissão com imagem por causa da Covid-19, diz diretoria

Programação foi anunciada nesta quinta, 6, e tem novo formato para evitar aglomerações.

Por: Taymã Carneiro - Rede Liberal
. Atualizado: 6/08/2020 às 23h:55
Círio de Nazaré 2018 Belém/PA — Foto: Tarso Sarraf/Colaborativo

A edição 228ª do Círio de Nazaré, uma das maiores procissões religiosas do Brasil, não terá peregrinações com a imagem de Nossa Senhora de Nazaré, devido à pandemia do novo coronavírus. A programação em novo formato foi anunciada pela Diretoria da Festa e Arquidiocese de Belém nesta quinta (6).

As romarias costumam reunir multidões pelas ruas de Belém, sendo que a Grande Procissão, no segundo domingo de outubro, o público é de, aproximadamente, dois milhões de pessoas.

Os eventos do segundo final de outubro serão reduzidos (confira programação ao final). Segundo a diretoria, as principais mudanças são para evitar aglomerações:

  • Fiéis ‘promesseiros’ poderão cumprir promessas durante a quadra nazarena, que dura 15 dias;
  • Missas serão com portas fechadas e transmitidas pela internet;
  • Imagem deve ficar exposta das 12h às 00h na Praça Santuário, respeitando distanciamento social;
  • Durante as manhãs, a imagem visitará os hospitais de tratamento da Covid-19.
  • Missas presenciais durante a quadra nazarena (12 a 25 de outubro), às 18h, na Basílica.
Dom Alberto Taveira anuncia mudanças no Círio 2020. — Foto: Tarso Sarraf

A coletiva de anúncio teve abertura com o Arcebispo Dom Alberto Taveira Corrêa, que fez uma homenagem aos mortos durante a pandemia e disse que é uma responsabilidade realizar o Círio, que deve ocorrer “com muitas adaptações”.

“Consultamos autoridades do Estado e do Município, constituímos uma comissão de médicos, a Diretoria se debruçou para seguirmos todas as normas vigentes e as medidas preventivas necessárias, a fim de que a nossa grande festa se realize sem colocar em risco a vida das pessoas”, afirmou.

Círio 2020 terá novo formato para evitar aglomerações. — Foto: Tarso Sarraf

Programação

9 de outubro (sexta):

18h – Missa na Basílica Santuário
19h – Apresentação do manto para o Círio 2020
19h30 – Live Musical

10 de outubro (sábado)

9h30 – pregação conduzida pelo pe. João Paulo Dantas
11h30 – descida da imagem original
17h – missa na capela do Colégio Gentil, com portas fechadas e transmissão
18h – exibição do documentário “Plácido”
18h30 – exibição de documentários com grandes momentos da procissão da Trasladação
19h – live musical, com transmissão da decoração da berlinda
20h30 – queima de fogos, às proximidades da Catedral da Sé
20h45 – benção do Cônego Roberto Cavalli

11 de outubro (domingo)

7h – missa, celebrada por dom Alberto, com transmissão
8h – início da programação televisiva (documentários, entrevistas, imagens de grandes momentos do Círio e sobrevoo da imagem sobre hospitais da cidade)
10h – terço
10h30 – sequência da programação televisiva
11h30 – missa de encerramento do Círio, com transmissão
12h30 – encerramento

12 a 25 de outubro (quinzena Mariana)

05h15 – terço da alvorada
8h – visitação da imagem a hospitais da região metropolitana
12h – exposição da imagem no altar central da Praça Santuário
18h – missas da festividade
21h – encerramento da visitação

Encontrou algo errado na matéria?

Nosso apostolado possui em sua equipe editorial jornalistas profissionais, sacerdotes, professores e leigos, por esta razão, é possível que o conteúdo do nosso site contenha erros e para isso precisamos da sua ajuda.




    Leia Mais

    Comentários

    Apenas usuários logados podem comentar ou responder nossas matérias.