Mathias Ribeiro

Algumas verdades para homens e rapazes católicos solteiros

Aprendam a serem homens, cavalheiros e não cavalos!

. Atualizado: 6/06/2020 às 00h:10

Estou escrevendo este artigo com o maior cuidado possível há meses, de forma que não ofendesse nenhuma mulher. Esse assunto precisa ser falado pois já não é de hoje que venho observando nas redes sociais homens e rapazes católicos desesperados para achar uma “Maria” – também vejo mulheres, mas elas são mais discretas nesse assunto – e nesse desespero muitos ficam igual a uns otários correndo atrás de algumas moças na internet, mesmo que essas moças não tenham nenhum interesse neles. E não, não existe nenhum problema em uma dama não corresponder as nossas expectativas, ninguém é obrigado a gostar da gente. O problema é homens não terem amor-próprio e mesmo assim continuarem insistindo em algo que não vai dar em nada.

Existe uma parcela de culpa de alguns apostolados que fazem um bom trabalho de evangelização, mas que em suas postagens sobre namoro santo e matrimônio acabam – mesmo que sem querer – deixando as pessoas desesperadas para casar ou namorar, como se o matrimônio fosse o único sacramento que existisse. Tudo isso somado à carência acaba virando uma bola de neve e, com a bolha social, parece que todos ao nosso redor estão casando e namorando. Abrimos o Instagram e vemos aquelas fotos de casais perfeitos (que em sua maioria são fotos de bancos de imagens publicitárias em que o casal,  na verdade,  são modelos fazendo um ensaio fotográfico para alguma campanha) acompanhada de uma legenda super catequética; nesse momento, entramos em desespero e pensamos: “eu preciso de uma namorada”. Não, a vida não é perfeita e as coisas não funcionam dessa maneira e é isso o que eu vou te mostrar neste artigo.

Pegando o gancho no post do Ismael, que faz um apostolado muito legal no Instagram com o perfil Santo Raposo, vou escrever o que ele falou no post de “Como conversar com uma dama e parecer um cavalheiro e não um cavalo” e vou acrescentar mais algumas informações de relatos que eu recebi de amigas e seguidoras, além de experiências pessoais.

1º – Existem 7 sacramentos, o matrimônio é só um deles

Não existe nada de errado em estar solteiro. O foco da sua vida é ir para o céu, mantenha toda sua atenção nisso. Por um momento da sua vida esqueça o matrimônio ou o namoro e foque na sua vida espiritual, profissional e intelectual. Procure viver os outros sacramentos, vá estudar e fazer uma faculdade, pós-graduação ou concurso público para que no futuro você tenha condições financeiras de sustentar uma família. Cuide da sua saúde, faça academia, pratique um esporte, invista em você, se engaje em alguma pastoral da sua paróquia, reze o terço todos os dias, assine nosso site (ficaríamos muito gratos rsrs), viaje e procure cultivar boas e novas amizades. Existem uma infinidade de coisas para fazer e pensar, tenha calma que tudo tem seu tempo. Quando você menos esperar, Deus vai colocar alguém na sua vida.

2º – A amizade é o primeiro degrau para um namoro santo

Tenha uma amizade verdadeira com a moça, não chegue flertando com a menina do nada, principalmente se for uma desconhecida. Procure ter uma amizade com ela, sem intenções de namoro e, com o tempo, talvez possa acontecer alguma coisa. Isso, é claro, se for da vontade de Deus. As coisas irão acontecer naturalmente, não seja afobado.

Ah! Pelo amor de Deus, não me venha com aquela pergunta ridícula: “O seu namorado deixa você…?” só para saber se a menina tem namorado ou não. Se não tiver no perfil do Facebook dela, ela vai te falar uma hora ou outra, e se por um acaso ela tiver namorado, por que não ter uma amizade com ela? A amizade entre um homem e uma mulher não precisa resultar em namoro sempre, inclusive, minhas amigas são pessoas super legais que me ajudaram a escrever esse artigo e que com certeza serão madrinhas dos meus futuros filhos (se Deus me conceder a graça de ser pai um dia).

Print de um rapaz que acabou de conhecer a menina e já está pedindo em namoro

Uma coisa que meu diretor espiritual me disse e que desde 2018 eu levo para a vida:

Primeiro você tem que aprender a ser amigo, para depois aprender a ser namorado e então um bom marido.

3º – Não atire para todos os lados

Você realmente acha que isso dá certo? Isso só serve para uma coisa, queimar seu filme. Houve um caso de uma amiga mostrar um print de um rapaz que estava dando cantadas nela pelo Messenger, e pasmem, uma outra amiga também estava recebendo cantadas desse cara.

Ficar mandando mensagens para um monte de mulheres só te faz um otário. Não seja uma metralhadora!

Algumas amigas recebem tantas mensagens que tiveram que excluir o aplicativo do Messenger no celular. O pior de tudo é que os caras são muito caras de pau.

Homens dando bom dia pelo messeger

4º – Sem cantadas nos comentários das fotos da moça

O que eu mais vejo são rapazes cantando a moça nos comentários da foto. A menina publica uma foto e o cara faz uma declaração de amor nos comentários. Nem quando eu era adolescente manjador fazia isso. É muito constrangedor para a menina na maioria dos casos. Ficar dando “amei” em todas as fotos ou comentar em todas as fotos da moça só demonstra o quão carente você é, além de ser muito ridículo (minha opinião pessoal); isso é pedir para passar vergonha. Aliás, dependendo da moça, isso só vai servir para fortalecer o ego dela, algumas (não todas) postam fotos exatamente com o objetivo de chamar atenção dos homens carentes, porque isso é da natureza do ser humano e quando o assunto é redes sociais, curtidas liberam dopamina no cérebro. E sim, redes sociais são feitas exatamente para isso (por isso existe um botão chamado curtir): as pessoas postam fotos para ganharem curtidas, porque o ser humano gosta de se sentir admirado.

Você pode curtir e comentar nas fotos uma vez ou outra, mas toda hora é meio chato.

Um recado para as moças que estão lendo esse artigo:

Eu sei que vocês tentam o máximo ser gentis com os rapazes, mas se o cara flertar com você, seja na foto ou no chat, não deem corda se você não sente absolutamente nada por esse rapaz. Vejo algumas moças responderem os flertes com um “amei” ou comentarem com um “ouwwnnn obrigada ♡” e, por mais bobo que pareça, os rapazes irão achar que vocês estão correspondendo. Isso é uma falta de caridade para com o outro, e por mais metralhadora que o cara seja, isso não se faz.

5º – “Você é linda”

Aqui eu faço das palavras do Ismael as minhas:

Sim, a moça pode ser linda, mas quando você fica repetindo isso toda hora, parece ser só mais um bobinho que quer flertar com ela. E, acredite, ela deve ter ouvido isso centenas de vezes. Não seja tosco e conheça a moça no seu interior, pois certamente a sua beleza exterior é fruto dele.

6º – Seja você mesmo

Não crie um personagem de si só para agradar uma moça na internet. Além de ser ridículo, a mentira é um pecado. Fingir ser uma pessoa que não é vai te trazer problemas mais cedo ou mais tarde.

Ouvi relatos de meninas reclamarem que alguns homens, principalmente mais velhos, já chegam “demostrando que mandam na parada”. Calma, soldado! Isso assusta a moça!

Vejo muitos rapazes forçando a barra nas redes sociais que chega a beirar o ridículo também. Adolescentes de 16 anos postando fotos com cachimbo, rapazes se vestindo igual a um homem da década de 1920, fotos com charuto na boca tentando demostrar que é machão… não amigo, isso não é masculinidade.

Mais uma vez, alguns apostolados de Instagram “criaram” uma imagem de homem que não existe, com aquelas publicações de modelos usando um suspensório com um charuto na boca segurando um machado na mão, seguida de um textão dizendo o que é masculinidade… Andar igual a um lenhador ou homem da década de 1920 não te faz ser um homão! Você pode e deve andar de roupa social e buscar a virtude da modéstia, mas não precisa exagerar só para tentar impressionar garotas nas redes sociais. Em alguns casos, já vi meninas rindo de rapazes tentando forçar a barra.

Moças rindo de rapazes que andam com roupas da década de 20

De fato, existe um grande problema na masculinidade nos dias atuais, mas maturidade e masculinidade vão muito além do que você acha. A maturidade é a capacidade de responder ao meio ambiente e estar ciente do tempo e local corretos para se comportar e saber quando e como agir, de acordo com as circunstâncias e a cultura da sociedade em que vive. É você saber como se vestir apropriadamente para ir à missa. É quando você conhece uma moça e descobre que ela teve um filho de um erro do passado e você é homem o suficiente para assumir a criança. Maturidade é você saber as tarefas de casa e não ficar dependendo da mamãe para tudo na sua vida. Existem muitos exemplos de maturidade. Um deles é o seu Josias, um conhecido meu: pai de 5 filhos, trabalha como pedreiro, nunca traiu a mulher, todos os filhos formados, nunca deixou faltar comida na mesa de sua família e tem uma fé que eu admiro muito. Ele anda na rua de bermuda e chinelo e vai para a Igreja de calça jeans, sandálias e uma camisa de Nossa Senhora. Seu Josias não anda de roupa social, mas é muito virtuoso!

Muitos não possuem a figura paterna como exemplo de maturidade e masculinidade. Eu, por exemplo, fui criado só pela minha mãe e tive que aprender a ser homem com a vida. Infelizmente, sem uma referência, acabamos perdidos nesse sentido e é aí que entra a vida dos santos: se não tem exemplos, procurem exemplos, estudem a vida dos santos!

7º – Não seja o carente chato

Se a moça não quiser te responder no Messenger ou Whatsapp, ou ela não pode, ou ela não quer ou ela se esqueceu… as pessoas têm vida social fora da internet, você tem que ter também (lembre-se da dica número 1).

Print de um homem que ficou no vácuo

Não seja ciumento também. Ela tem outros amigos, você tem amigas e ponto final. Sentir ciúmes no período da amizade é algo desproporcional e demostra profunda insegurança, e no relacionamento, é pior ainda. Namoro requer confiança; se você não confia nela, é melhor nem tentar nada.

8º – Pegou o bonde andando e ainda quer sentar na janela?

Você começou a conversar com a moça, na mesma hora já quer o número do WhatsApp dela?! Vamos com calma, soldado!

Print de tela do celular de um rapaz dando cantadas em uma moça

9º – Não é não!

Essa é a parte mais importante desse artigo. Provavelmente a coisa mais difícil de se lidar é com a rejeição.

Como eu disse no início, ninguém é obrigado a gostar da gente, assim como nós não somos obrigados a gostar de ninguém. Uma pessoa não é nossa propriedade, e por mais que você a ame, isso não significa que você será correspondido. Todo mundo já foi rejeitado, eu já fui rejeitado várias vezes, seu vizinho já foi, seu pai, seu primo… Essa é a lei da vida.

O primeiro passo para enfrentar a rejeição é se valorizar, já está mais do que na hora dos homens se valorizarem e esse é o principal motivo para eu estar escrevendo esse artigo.

O amor-próprio tem que vir antes de tudo, pois você deve amar o próximo como amas a ti mesmo, não? Se você não tem amor-próprio, como você vai amar os outros?

Não insistam em quem não se importa contigo e nem com quem diz se importar. Insista em alguém que mostre que se importa. Nunca implore pelo amor de ninguém!

Se ela não demostra interesse em você, beleza, deixa ela em paz, toque a sua vida, foque nas atividades que eu falei na primeira dica. Vida que segue! Eu sei que para rapazes é muito mais difícil lidar com a rejeição. As moças também são rejeitadas? Sim… mas em 90% dos casos tem um outro cara afim dela. O mesmo não acontece com homens com frequência (até acontece, mas somos muito lerdos para perceber).

O tempo que você está correndo igual a um otário atrás daquela moça bonita na internet que mora lá onde judas perdeu as botas, tem uma aí na sua paróquia que tá a fim de você e você nem viu.

“Ah, mas as moças aqui da minha paróquia não são virtuosas ou modestas.”

Soldado, entenda uma coisa, você realmente acha que aquela moça do Facebook nasceu usando saia e véu? Ela teve um processo de conversão, então por que diachos você não tenta converter as moças da sua paróquia????

Vou mostrar alguns prints abaixo para vocês terem noção do que eu estou falando:

Diálogo entre uma moça e um rapaz no WhatsApp
Diálogo entre uma moça e um rapaz no WhatsApp
Diálogo entre uma moça e um rapaz no WhatsApp

Esse rapaz realmente deve ter um parafuso solto, mas mesmo homens que estão muito bem de suas faculdades mentais cometem esse erro.

Você a ama? Tá difícil? Vamos lá:

  • Pare de seguir a moça nas redes sociais, não precisa excluir, no Facebook tem a opção de parar de seguir, no Instagram e WhatsApp tem a opção de silenciar as publicações e stories.
  • Foque em outras coisas na sua vida.
  • Viva sua vida e nem olhe para trás.

10º – Nem tudo que reluz é ouro

Muito cuidado! Lembre-se de que o sacramento do matrimônio é indissolúvel e se você fizer a escolha errada não terá como voltar atrás.

Procure conhecer a moça no seu interior, não se baseie em perfil de Facebook e Instagram, pois da mesma forma que homens criam um personagem de si para agradar aos outros, elas também criam.

Por isso que o período da amizade e do namoro é muito importante. Você precisa conhecer muito bem a pessoa e rezar muito.

11º – Não tenha medo de ser padrasto

Sabia que São José não foi pai de sangue de Jesus Cristo? Mesmo assim ele ainda é chamado de pai de Jesus. Não tenha medo de ser padrasto. A moça tem filho? E daí? Seja homem o suficiente e assuma a criança!

OBS: Estou falando em casos onde a moça não tenha sido casada na igreja anteriormente, seja, viúva ou tenha comprovado a nulidade matrimonial. Se a moça for “divorciada na igreja” independentemente de se ela tem filho ou não, pule fora que é adultério.

12º – Não seja um MGTOW

Quando o cara toma um monte de fora é normal ele ter raiva, mas em alguns casos a raiva vira ódio e através desse ódio ele pode encontrar a ideologia MGTOW.

Sim, MGTOW, Men Going Their Own Way (“homens seguindo seu próprio caminho”, em tradução livre). MGTOW é um grupo que tem crescido em redes sociais como o Facebook e em fóruns do Reddit. Seus integrantes acreditam que a solução para todos os problemas, sejam eles emocionais ou financeiros, é abrir mão de ter relacionamentos sólidos com mulheres. Vejamos as regras do MGTOW:

  • Não casar
  • Não morar junto com uma mulher
  • Não engravidar uma mulher

Essa ideologia é completamente contrária ao que a Igreja ensina, além de ser ridícula. Não odeie as mulheres só porque uma, duas ou mais te deram um fora, não odeie as moças bonitas por isso. Tenha calma que tudo vai aparecer no tempo certo.

Encontrou algo errado na matéria?

Nosso apostolado possui em sua equipe editorial jornalistas profissionais, sacerdotes, professores e leigos, por esta razão, é possível que o conteúdo do nosso site contenha erros e para isso precisamos da sua ajuda.




    Leia Mais

    Comentários

    Apenas usuários logados podem comentar ou responder nossas matérias.