Diferenças entre a bíblia católica e ortodoxa

Por: Mathias Ribeiro
. Atualizado: 27/09/2022 às 22h:29
Diferenças entre a bíblia católica e ortodoxa
Foto de The National Library of Israel Collection/Wikimedia

Não é só o protestantismo que possui uma bíblia diferente da Igreja Católica, os Ortodoxos também. A Igreja Católica possui 46 livros no Antigo Testamento como parte de seu cânone bíblico.

Os livros de Livro de Tobias, Judite, Sabedoria, Eclesiástico, Baruque, I Macabeus e II Macabeus e as chamadas Adições em Ester e Adições em Daniel) são considerados deuterocanônico (ou seja “do segundo cânon”) pela Igreja Católica. Além disso, existem 27 livros no Novo Testamento.

Mais livros na bíblia ortodoxa

As igrejas cristãs ortodoxas e as outras igrejas orientais, aceitam todos os livros citados acima mais a Carta de Jeremias, Susana, Bel e o Dragão (a carta de Jeremias, para na bíblia católica, se encontra em Baruc e Susana e Bel e o Dragão são os últimos capítulos do livro de Daniel); além disso, considera outros livros que também não entraram no cânone católico: 1 Esdra, 3 e 4 Macabeus; Salmo 151 (além dos 150 salmos que nós temos), Ode (oração de Manassés) e Salmos de Salomão. Ou seja, no conjunto, o Antigo Testamento da igreja ortodoxa tem 51 livros e alguns capítulos a mais no final do livro dos Salmos (um nas Bíblias das igrejas de tradição grega, cóptica, eslava e bizantina, e cinco nas Bíblias das igrejas de tradição siríaca). Ou seja, a igreja ortodoxa tem 78 livros no total.

Septuaginta

Antes de tudo, os ortodoxos usam uma versão diferente da Septuaginta, que é a mais antiga tradução em grego do texto hebreu do Antigo Testamento, feita para uso da comunidade de judeus do Egito no final do século III a.C. e no II a.C.; teria sido realizada por 72 tradutores.

Related Posts

Os livros presentes nesta versão da Septuaginta, conforme a ordem original são:

GênesisÊxodo
LevíticoNúmeros
DeuteronômioJosué
JuízesRute
1 Samuel (1Reis)2 Samuel (2 Reis)
1 Reis (3 Reis)1 Reis (3 Reis)
2 Reis (4 Reis)1 Crônicas (1Paralipômenos)
2 Crônicas (2 Paralipômenos)1 Esdras
2 Esdras (Esdras e Neemias)Ester
JuditeTobias
1 Macabeus2 Macabeus
3 Macabeus4 Macabeus
SalmosOdes
ProvérbiosEclesiastes
Cântico dos CânticosJob
SabedoriaEclesiástico
(Sirac)Salmos de Salomão
OséiasAmós
MiquéiasJoel
ObadiasJonas
NaumHabacuque
SofoniasAgeu
ZacariasMalaquias
IsaíasJeremias
LamentaçõesBaruque
Epístola de JeremiasEzequiel
SuzanaDaniel
Bel e o Dragão.

Por fim, caso você saiba falar inglês, você pode ter acesso a esses livros clicando aqui.

A bíblia católica e ortodoxa

Em primeiro lugar, a Septuaginta era usada na época de Jesus, ela foi encomendada pelo rei Ptolomeu Filadelfo II, que foi o rei do Egito de 281 a.C. até a sua morte em 246 a.C. Contudo, na igreja católica não usamos esta versão da septuaginta por que não há relatos de que Cristo e os apóstolos reconheciam todos os livros que nela estavam presentes isso sem falar que os apóstolos não deixaram nenhuma instrução desses livros.

Nesse sentido, o Cânon Bíblico foi se estabelecendo com o tempo através da Tradição e do Magistério da Santa Igreja. Apesar de existirem registros de divergências pessoais entre os Santos Padres acerca do Cânon Bíblico, o mesmo não aconteceu entre as Igrejas, conforme vemos nos cânons de Cartago, Hipona, Roma, Laodicéia, Trullos e etc.

Encontrou algo errado na matéria?

Nosso apostolado possui em sua equipe editorial jornalistas profissionais, sacerdotes, professores e leigos, por esta razão, é possível que o conteúdo do nosso site contenha erros e para isso precisamos da sua ajuda.




    0 Comentários

    Os comentários são exclusivos para assinantes do Deo Vero.